Etiópia

Guji Daanisa

 12.00

  • 250g grão café de especialidade
  • Região/Fazenda: Guji Daanisa
  • Processo: Natural
  • Varietal: Guji, JARC CBD
  • Aroma/Sabor: Bergamota, Amora, Mirtilo
  • Altitude: 2200m
  • Nota: 89/100
  • Torra: Clara

Uma torra fresca é essencial para que o café esteja no seu melhor, por isso, só torramos o nosso café depois de fazeres a encomenda. Torramos uma vez por semana e o café segue viagem até ti no dia seguinte.

Esgotado


Share

Descrição

Este café de Etiópia é brilhante e delicado, ao mesmo tempo em que mantém o perfil de frutos tão indicativo dos naturais desta região. Lembra-nos, por isso, de um chá de creme britânico.
O café Guji Daanisa Dambi Uddo Natural vem do Sub-Kebele (vila) de Daanisa, na região de Guji na Etiópia. Os nossos amigos da Dambi Uddo Exportadores trabalham com pequenos grupos de agricultores da região para garantir que o café chegue ao melhor mercado possível.
Daanisa sub-kebele leva o nome local de Dombeya torrida, uma árvore decídua com uma coroa em forma de guarda-chuva que é nativa da região. A árvore tem propriedades medicinais e é usada para diversos fins de construção. Talvez o mais importante seja que é usada para sombrear os cafeeiros da região.

Sobre a região de Guji

Sobre a região de Guji
A região de Guji fica a cerca de 300 a 400 km ao sul de Adis Abeba, na zona de Guji, na região de Oromia. A região, criada apenas em 2002, leva o nome de uma tribo do povo Oromo, que cultiva café aqui há gerações. Como Yirgacheffe, os cafés da área de Guji foram anteriormente categorizados juntamente com os de Sidamo (uma classificação geográfica muito ampla que abrange grande parte do centro-sul da Etiópia). No entanto, os cafés Guji são bastante distintos dos Yirgacheffe ou Sidamo, devido a variedades e microclimas locais únicos.

Pós-colheita

Pós-colheita
Todo o café Guji Daanisa Dambi Uddo é colhido seletivamente à mão antes de ser entregue na estação de tratamento ou nos pontos de coleta locais. Posteriormente, na estação de tratamento, o café é classificado para garantir que apenas as cerejas mais maduras sejam processadas. O agente de coleta supervisiona a qualidade das cerejas antes do processamento.
Os cafés naturais, como este, são lançados na água primeiro para remover qualquer grão abaixo do peso ou danificado e quaisquer detritos. Somente as cerejas que afundam são aceites para qualidades mais altas. Por outro lado, as cerejas que flutuam são mantidas de lado para serem processadas como notas mais baixas. Após a limpeza, as cerejas são transportadas diretamente para as camas africanas, onde são espalhadas numa única camada para secagem. São varridos regularmente e classificados para remover quaisquer cerejas danificadas que possam ter passado pela classificação inicial.

Após alguns dias, a equipa da estação de tratamento aumentará a espessura da camada para diminuir a secagem e estabilizar a humidade. O tempo total de secagem pode levar até três semanas em condições nubladas ou duas semanas, se o tempo estiver ensolarado.

Queres saber mais sobre outros cafés de especialidade?

Informação adicional

Peso 250 g