Etiópia

Dilla Zuria / 250g

 13.50

  • 250g grão café de especialidade
  • Região/Fazenda: Yirgacheffe – Dilla Zuria
  • Processo: Lavado
  • Variedade: Variedades Heirloom
  • Aroma/Sabor: Citrico; Cereja; Floral; Mel
  • Altitude: 1880m
  • Nota: 88/100
  • Torra: 87±3 Agtron (clara)

Uma torra fresca é essencial para que o café esteja no seu melhor, por isso, só torramos o nosso café depois de fazeres a encomenda. Torramos uma vez por semana e o café segue viagem até ti no dia seguinte.


Share

Descrição

Sobre Dilla Zuria

Sobre Dilla Zuria
Este café geneticamente superior é cultivado na parte sul da Etiópia, na região de Yirgacheffe. Como na Etiópia o café é comercializado através da organização ECX, a rastreabilidade desse café torna-se complicada. Mas podemos garantir que é um Yirgacheffe tipo A e, portanto, tem o sabor e o caráter de um Yirgacheffe. É um café cultivado quase inteiramente em Semi Floresta e Jardim. O café cultivado como café de jardim encontra-se nas proximidades das residências dos próprios produtores, poderíamos até afirmar sem dúvida que é o café que cresce na horta que circunda as suas casas. É um café lavado e posteriormente seco em camas africanas. Caracterizam-se por serem cafés limpos, florais, com alta acidez e delicados devido ao seu processo de lavagem e ao cultivo em altura.
É considerado um dos cafés de melhor qualidade do mundo, possui um delicado aroma floral, na taça destacam-se as notas de jasmim e cítricos, com fina acidez e corpo.

Heleanna Georgalis está à frente da empresa desde 2008, ela está imersa na terceira onda do café, preocupando-se na primeira pessoa com a qualidade do café que exporta. Continua com o legado do seu pai, e afirma sentir paixão por este mundo onde ela mesma pode experimentar processos e divertir-se vendo os resultados. É importante destacar que a singularidade dos cafés etíopes reside na “nenhuma modificação genética” dos cafeeiros.
Na Etiópia existem milhares de variedades inexploradas e as que são conhecidas permanecem intactas, e Heleanna enfatiza cada vez que fala sobre o assunto. A Etiópia é o berço do café, as variedades são específicas para cada área, os cientistas reconheceram 37 variedades, das quais 34 são naturais. Muitas vezes descobrimos que o café etíope é da variedade Heirloom e o que isso significa é que é uma “raiz antiga”, não define a variedade em si, mas é genérico. A variedade leva o nome da área em que é cultivada e onde vem a crescer há vários anos, deve ter o sabor característico da região.

Queres saber mais sobre outros cafés de especialidade?

Informação adicional

Peso 250 g