Costa Rica

Libertad Especial / 250g

 12.00

  • 250g grão cafés de especialidade
  • Região/Fazenda: Libertad Especial
  • Processo: Lavado (Fermentação Natural)
  • Variedade: Caturra, Catuaí
  • Aroma/Sabor: Caramelo, Floral, Chá Preto, Cacau
  • Altitude: 1500m
  • Nota: 87/100
  • Torra:92 ±3 Agtron (clara)

Uma torra fresca é essencial para que o café esteja no seu melhor, por isso, só torramos o nosso café depois de fazeres a encomenda. Torramos uma vez por semana e o café segue viagem até ti no dia seguinte.


Share

Descrição

Sobre Libertad Especial

Sobre Libertad Especial

Café produzido na Costa Rica, região do Valle Central onde se iniciou o cultivo do café no país. Influenciado pela encosta do Pacífico, estas terras têm o privilégio de produzir café com grande sucesso. Embora a região cafeeira do Valle Central se estenda de 900 a 1600 metros, mais de 80% das plantações de café estão localizadas entre 1000 e 1400 metros acima do nível do mar. Fatores de altitude e climáticos afetam o tamanho e a dureza do grão e influenciam a qualidade na chávena, principalmente a acidez, sem esquecer outros parâmetros que podemos destacar e que aparecem claramente nas notas.

Os solos apresentam um ligeiro grau de acidez tropical devido ao seu enriquecimento com cinzas vulcânicas. Estamos a falar de solos extremamente férteis para o desenvolvimento do cafeeiro.
Atualmente estão a processar cafés de diferentes regiões do Valle Central e Tarrazú, por isso é necessário implementar opções ou metodologias adicionais para estar mais perto dos produtores, esta metodologia é chamada de “receptores” ou pontos de recepção mais próximos das fazendas, para que muitos agricultores possam ir entregar o café nesses pontos, depois é transportado para a estação de tratamento.

No início, quando o café sai da fazenda, é colocado em tanques, depois o café é despolpado nas máquinas tradicionais de despolpar. Em seguida, as cerejas despolpadas são separadas por qualidade através de “Telas” que separam as primeiras sementes ou sementes boas das defeituosas ou que não foram descascadas corretamente. Nesta fase, obtemos duas qualidades denominadas “primeiro” e “segundo” cafés. Essas qualidades são enviadas para os tanques de fermentação e é aí que começa a fermentação natural. O café demora entre 6 e 24 horas para ficar pronto para ser lavado.

Após o processo de fermentação natural, o café é conduzido por um canal com uma quantidade mínima de água e com o movimento a mucilagem é separada dos grãos, em seguida é usada uma máquina chamada Centriflux, esta é usada para extrair um pouco de água antes do processo de pré-secagem. O processo de secagem, inclui máquinas de pré-secagem: Bericos (usando ar quente a não mais que 60 °C e movendo-se por cerca de 8 horas); Secadores mecânicos: leva 12-20 horas para terminar o processo a 60 ° C também; Processo de descanso: Decorrido o tempo de armazenamento (café em pergaminho) que pode durar de 4 a 8 semanas, dependendo da qualidade exigida por cada cliente, seleciona-se o número do silo e inicia-se o processo de descascamento, em seguida o café é imediatamente classificado por tamanho, então por gravidade (por separadores de gravidade) e finalmente por classificadores eletrónicos de cores.
Os lotes de café preparados ficarão na cooperativa até a exportação.

Queres saber mais sobre outros cafés de especialidade?

Informação adicional

Peso 250 g